"O que sabemos é uma gota; o que ignoramos é um oceano". (Isaac Newton)

Introdução

A Estação Climatológica da UEFS, tem estado em funcionamento contínuo oficialmente a cerca de seis anos, sendo responsável pela coleta e divulgação dos dados meteorológicos de Feira de Santana. Atualmente vem passando por um processo de reestruturação, tanto físico (mudança de localização dentro do próprio Campus) quanto estrutural (com mudanças nos seus objetivos), incluindo agora projetos de pesquisa e extensão climatológica. Apresentamos aqui um quadro geral do funcionamento da estação desde sua origem, bem como os objetivos.

Credito:www.uefs.br



  • Breve Histórico
  • A Estação Climatológica 83221, teve sua origem num projeto idealizado pelo Professor do Departamento de Tecnologia Carlos Pereira Novais, em meados da década de oitenta, para estudos hidrológicos, onde este necessitava de informações detalhadas sobre o regime de precipitação do município. Daí, o primeiro projeto constar apenas do pluviômetro, do pluviógrafo, do tanque de evaporação classe "A", e do anemômetro. O Projeto foi retomado no início da década de noventa pela Professora Sandra Medeiros Santo, a qual reviu as necessidades de equipamentos, o local mais adequado para a Estação, em função do plano de crescimento da instituição na época. Partiu-se então para a busca de apoio, tanto financeiro quanto técnico. Data deste período o principal convênio, firmado com o IV Distrito Meteorológico (IV DISME), sob a direção na época, do Dr Augusto Cezar Athayde que forneceu apoio total e irrestrito à implantação de uma nova Estação em Feira de Santana. A partir daí, foram realizados cursos e treinamento de pessoal, principalmente em Recife, para a capacitação dos técnicos que seriam responsáveis pela manutenção da mesma. Então, em dezembro de 1992 foi implantada oficialmente a Estação Climatológica 83221, então já diretamente submetida ao IV Distrito do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

  • Estrutura e funcionamento
  • A Estação Climatológica 83221, funciona todos os dias da semana, todos os dias do ano, com três coletas regulares (padrão), que são efetuadas às 9:00h, 15:00 e 21:00h. No período de horário de verão, as coletas são realizadas às 10:00h, 16:00h e 22:00h, para manter os dados dentro do padrão internacional. Imediatamente após a coleta de dados, estes são repassados por telefone para o IV DISME em Salvador, para que este os retransmita para o INMET em Brasília, que organiza todas informações oriundas das várias estações do território nacional e os envia para a sede da OMM (Organização Mundial de Meteorologia) nos EUA. A Estação Climatológica da UEFS está subordinada ao Departamento de Tecnologia e atualmente possui dois Professores Coordenadores, um Técnico de nível médio e quatro Estagiários Bolsistas, graduandos em Geografia.











    by: Fabinhotuxá